Tóquio

Tóquio é a maior ilha do arquipélago, principal centro político, financeiro, comercial, educacional, cultural e ainda capital do Japão. E não pára! É o núcleo da tecnologia, música, moda e arte contemporânea.

Na cidade japonesa podemos notar um belo contraste, de um lado moderno com outro de velhas tradições. A capital é muito famosa pela Torre de Tóquio, que é um dos seus principais pontos turísticos.

Conhecer bem Tóquio é uma tarefa difícil, tanto pela distância quanto pelos altos preços. Realmente existe uma multidão e muito trânsito na capital, mas o que poderia se esperar da maior área urbana do mundo? Vale a pena encarar a multidão e apreciar tudo o que essa bela capital reserva.

Passear por Tóquio é realmente algo mágico! Você pode ir do passado imperial ao futuro tecnológico. Na cidade ficam concentradas as empresas comerciais, faculdades, teatros e ainda outros estabelecimento culturais.

A culinária japonesa não se resume ao sushi, ou tofu, como alguns podem pensar, tem muito mais, que vale a pena provar, como o Koi Koku, que é Sopa de carpa, o Teriyaki, carne, peixe frango ou vegetais abrilhantados com molho de soja doce grelhado, o Ninjin Jamu, saborosa geléia de cenoura, o Yude Buta, porco cozido na água e muito mais.

Capital do Japão desde 1868, fica na parte oriental de Honshu, a ilha principal do arquipélago, na Bahia de Tóquio, que se abre ao Oceano Pacífico. Desde 1603 foi sede do shogunato, com nome de Edo e, sob forte influência do xogum, gozou de todos os privilégios de virtual capital durante o 3 séculos seguintes, desenvolvendo um ambiente original e sofisticado. Em 1868, com a transferência do poder do xogum ao Imperador, Edo passou a se chamar Tóquio, tornando-se sede do governo Imperial.

O que torna Tóquio atraente aos visitantes é a sua capacidade de misturar o oriental e o ocidental, o velho e o novo.

O Palácio Imperial é a residência do Imperador, que ocupa 1Km2 no centro da cidade. O Palácio está cercado de fossos com muros de pedras. O jardim da parte leste está aberto ao público.

O Templo Xintoísta Meiji em Tóquio é dedicado ao Imperador Meiji e sua consorte, situa-se no meio de um terreno de 178 acres coberto de densa floresta. Desde a entrada principal, caminhos largos e tranquilos conduzem até os edifícios de templo bem no centro do parque, partindo de um gigantesco torii, pórtico em estilo japonês feito de ciprestes que datam do século 17.

Já o templo de Asakusa Kannon é dedicado à divindade budista Kannon, este templo tem suas origens no século 7. Dois grandes portões e uma avenida de pequenas lojas e tendas se encontram em sua entrada, e os edifícios principais são uma imponente construção central e um pagode de cinco andares.

A Torre de Tóquio é uma imensa torre de rádio-televisão de 333m de altura. Da Plataforma de observação, se pode obter uma excelente vista da cidade e com bom tempo,ver também na direção oeste o Monte Fuji.

O transporte aéreo é em grande parte operado pela All Nippon Airways (ANA) e pela Japan Airlines (JAL). Já as ferrovias são operadas pela Japan Railways entre outras. Os aeroportos mais movimentados ficam nas regiões mais populosas do país, Kanto e Kinki. O Aeroporto Internacional de Narita, por exemplo, é o mais movimentado do país e o oitavo mais movimentado do mundo utilizaremos este aeroporto em seu pacote de viagens para Tóquio.